E-mail: rafael@turbineseusite.com.br   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

Black Friday ou Cyber Monday: conheça as diferenças e qual usar
19 de novembro de 2021

O período de final de ano, em que começa a preparação para as datas comemorativas e celebrações entre famílias e amigos, também costuma ser um ótimo momento para empresas e, especialmente, para o varejo como um todo: a Black Friday ou Cyber Monday são alguns dos eventos mais esperados por muitos vendedores que querem aumentar a sua lucratividade, e por consumidores que desejam comprar produtos ou serviços com mais ofertas e vantagens.

Enquanto a Black Friday já é bem mais conhecida por boa parte do público brasileiro, sendo uma tradição importada dos Estados Unidos para ampliar as vendas do mercado no país, a Cyber Monday ainda é um termo pouco utilizado no território nacional. Afinal, qual é a diferença entre Black Friday e Cyber Monday na prática?

Neste artigo, faremos uma abordagem sobre os seguintes tópicos:

Quais são os prós e contras da Black Friday?

Para começar, vamos falar da Black Friday, que costuma ser tão esperada por varejistas e consumidores de todo o país (e de outros lugares ao redor do mundo também).

Já consolidada no calendário comercial brasileiro, o maior atrativo da Black Friday é a queda nos preços de diversos produtos ou serviços. Entretanto, muitas vezes também é chamada de “black fraude”, por conta de empresas que não oferecem descontos reais aos consumidores. Por isso, é fundamental se planejar antecipadamente para definir valores realmente atrativos. Assim, você não engana os clientes nem prejudica a imagem da sua empresa.

É necessário lembrar que as ofertas devem ser calculadas de forma que tanto o empreendimento quanto o público da sua marca sejam beneficiados, e isso deve ser feito de forma transparente, confiável e eficaz. Segundo uma pesquisa da Provokers, publicada em 2019, 38% dos entrevistados não confiam nas ofertas desse período e 30% dizem que as promoções não compensam, refletindo a ideia de que essa data apresenta apenas descontos falsos.

Apesar de a Black Friday ser um evento que gera desconfiança ou receio em algumas pessoas, caso a empresa consiga se planejar antecipadamente e adotar boas práticas a serem utilizadas nesse período, é possível conquistar diversas vantagens a longo prazo, entre elas:

aumento de alcance e visibilidade;geração de competitividade no mercado;oportunidade de captar e fidelizar clientes;chances de expandir a lucratividade;coleta de dados relevantes;aumento das vendas;engajamento e motivação entre as equipes;melhorias nos resultados e na imagem da marca;fortalecimento na interação com o público.

Cyber Monday vale a pena?

Agora que você já sabe mais sobre os prós e contras da Black Friday, é hora de saber se a Cyber Monday vale a pena para o seu negócio. Afinal qual é a diferença entre ela e a Black Friday, se ambas têm o objetivo de oferecer preços mais competitivos em produtos ou serviços por um determinado período?

A principal diferença entre esses dois eventos, além da data deles, é que as promoções e ofertas da Black Friday podem ser encontradas tanto no meio online quanto presencial, já a Cyber Monday é pensada exclusivamente para o online.

Assim como a Black Friday pode se estender por mais dias, a Cyber Monday também acontece como Cyber Week em muitas empresas, focando principalmente em descontos no setor de tecnologia, moda e eletrodomésticos, apresentando também ofertas em itens menores que foram ignorados durante o período da Black Friday. Porém, se a Black Friday já é um evento mais popular, será que vale a pena investir na Cyber Monday no Brasil?

Segundo um balanço da Compre&Confie, o e-commerce brasileiro faturou mais de R$ 3 milhões durante a Cyber Monday em 2019 (crescimento de 31,5% em relação a 2018), tendo um volume de pedidos de 25,4%. E, no ano de 2020, apesar de a pandemia e as incertezas políticas terem afetado a economia, de acordo com a Neotrust/Compre&Confie, a data registrou vendas de R$ 702,7 milhões, demonstrando um aumento de 41,8% em relação ao mesmo período do ano de 2019.

Também com origem nos Estados Unidos, a Cyber Monday foi criada a partir de um estudo em que foi apresentado o fato de que 72% dos varejistas online afirmavam que as suas vendas aumentavam na segunda-feira após a Black Friday.

Dessa forma, a Cyber Monday tem o objetivo de alavancar ainda mais as vendas nos comércios eletrônicos, sendo vista como uma parte da programação da Black Friday. Enquanto antes a data era voltada somente para eletrônicos e games, outros segmentos também passaram a adotar essa data para garantir mais visibilidade e vendas antes do ano acabar.

Qual investir, afinal?

Depois de entender as particularidades e vantagens desses dois eventos, é normal ficar em dúvida sobre em qual investir: Black Friday ou Cyber Monday?

Como falamos, a principal diferença entre os dois é que a Cyber Monday é exclusiva para o comércio digital, enquanto a Black Friday costuma ocorrer tanto no meio digital quanto presencial. Porém, as duas datas têm o mesmo objetivo de oferecer descontos incríveis em todos os setores do mercado para aumentar as vendas e a lucratividade.

Dessa forma, é possível perceber que não há uma data melhor do que a outra, pois as duas têm os mesmos propósitos e estão se solidificando no mercado brasileiro, gerando resultados cada vez melhores todos os anos, e servindo como um complemento para vender mais e captar novos clientes. Confira, a seguir, dicas para ter mais sucesso ao implementar essas datas no planejamento da sua empresa.

Como vender mais na Black Friday e Cyber Monday?

Se você teve o interesse de ler este artigo, provavelmente quer saber mais como ter sucesso tanto com a Black Friday quanto com a Cyber Monday, não é mesmo? Há algumas estratégias que podem ser colocadas em prática para melhorar o desempenho das suas ações e aumentar as vendas da sua empresa durante esse período. Acompanhe!

Conheça o seu público

Qual é a persona da sua empresa? Quais são as características, dores, necessidades e preferências dos seus clientes ideais? É recomendável entender de maneira mais aprofundada quem realmente faz parte do público da sua marca e quais são as melhores soluções que a sua empresa pode oferecer ao longo da jornada de compra de cada consumidor.

Estabeleça o seu objetivo

Antes de se perguntar como a sua empresa pode participar da Black Friday ou Cyber Monday, pergunte o porquê de fazer isso. Quais são as suas motivações para aproveitar esse período?

Você deseja tornar a sua empresa mais conhecida no mercado e ampliar a visibilidade dos seus produtos ou serviços, ou pensa em liquidar produtos parados no estoque? É interessante definir os seus objetivos para ter mais acertos com o planejamento.

Invista em estratégias de marketing digital

Estar presente na internet vai muito além de ter redes sociais para a conta da sua empresa: o marketing digital oferece um leque de possibilidades para atrair pessoas, converter leads em vendas e melhorar a imagem de uma marca. Ao conhecer mais o seu público e estabelecer objetivos, você pode direcionar as suas estratégias de marketing para conquistar as metas almejadas e melhorar o relacionamento com os seus clientes, gerando competitividade no segmento em que atua.

Invista em ferramentas tecnológicas

Além de fazer planejamentos antecipados e alinhar os objetivos com a sua equipe, é recomendável investir em ferramentas tecnológicas, como um sistema de automação, para otimizar as tarefas, gerar relatórios, monitorar cada processo e, principalmente, evitar a sobrecarga de trabalho em alguns colaboradores. Dessa forma, é possível reduzir o risco de falhas ou prejuízos durante esse momento que costuma ter mais vendas.

Foque no atendimento ao cliente

Definir valores realmente atrativos e divulgá-los é algo extremamente necessário, mas isso se torna mais eficaz quando conta com um ótimo atendimento ao cliente. Então, invista em chatbots, defina pessoas para ficarem responsáveis por essa parte e preze por atendimentos personalizados, humanizados e rápidos. Dessa forma os seus clientes podem tirar dúvidas e entrar em contato com a marca com confiança e agilidade.

Acompanhe os processos e resultados

Além de ficar de olho antes e durante o evento, prestando atenção em cada etapa do processo, também é indicado analisar os resultados obtidos depois de tudo e, com isso, fazer relatórios com métricas e informações relevantes para estudar o desempenho do seu negócio. Ao entender como foi a experiência, você ganha mais aprendizado para aprimorar o seu retorno nas próximas vezes.

Estudar o mercado, entender como está o cenário econômico e conferir o que a concorrência tem feito também são dicas relevantes para que a sua empresa fique ainda mais preparada. Com base em tudo que falamos, temos a certeza de que o seu negócio só tem a ganhar ao participar de campanhas como essas.

Portanto, se você quer saber se vale a pena implementar ações para a Black Friday ou Cyber Monday, saiba que não há uma opção melhor ou mais eficaz que a outra. Você só precisa se programar antecipadamente, definir as estratégias e entender as necessidades e possibilidades da sua empresa para otimizar as suas vendas, captar e fidelizar mais clientes, e ganhar o devido reconhecimento no mercado.

E aí, já se preparou para colocar em prática as nossas dicas e vender ainda mais na Black Friday ou Cyber Monday? Faça já o download do nosso guia gratuito e se prepare para o maior evento de vendas do mundo!

The post Black Friday ou Cyber Monday: conheça as diferenças e qual usar appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.