E-mail: rafael@turbineseusite.com.br   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

Por que você deve ter um PDM (Product Data Management) para aumentar a sua produtividade
5 de maio de 2021

O marketing digital pede agilidade e precisão. Precisamos garantir que as estratégias respondam rapidamente ao mercado e atendam às suas demandas com o melhor direcionamento. Por isso, não há como fugir: precisamos trabalhar com dados.

Diante desse cenário exigente que as empresas vivem na era digital, as atividades de Product Data Management (PDM) são essenciais para a gestão de produto orientada por dados.

Essa função da empresa é responsável por reunir dados sobre o desenvolvimento de um produto e gerar informações e insights para guiar o trabalho das equipes e as estratégias da empresa. Assim, as decisões e atividades do dia a dia se tornam mais ágeis e embasadas.

Agora, você vai entender melhor o que é Product Data Management e como essa área pode ajudar a sua empresa a criar melhores produtos e vender mais! Quer saber como? Então, acompanhe!

O que é PDM (Product Data Management)?

Product Data Management ou PDM (Gerenciamento de Dados do Produto) é o processo de gerenciar e compartilhar os dados de produtos e processos relacionados ao seu desenvolvimento.

Muitas vezes, Product Data Management é também o nome que se dá ao profissional ou à área do negócio ou ainda ao software que possibilita essa gestão, como no exemplo abaixo.

Fonte: SOLIDWORKS

Os dados de um sistema PDM são bastante técnicos e incluem:

modelos de produtos;informações de peças;medidas;fornecedor ou vendedor;instruções de manufatura;preço de custo;requisitos;projetos em CAD.

O sistema registra e reúne em uma só plataforma os dados sobre o produto, que servem principalmente às equipes de engenharia, design e tecnologia

Então, esses dados são usados no desenvolvimento do produto e na gestão do seu ciclo de vida (Product Lifecycle Management ou PLM), desde a concepção, projeto, produção, até a sua obsolescência.

Para isso, as funções do PDM geralmente se dividem em duas áreas: o gerenciamento de dados do produto e o gerenciamento dos processos.

O primeiro trata do controle da estrutura do produto e suas partes, classificação de componentes e documentos. Já o segundo abrange os fluxos de trabalho, como processos de aprovação de um produto e modificações de design e engenharia.

Embora o PDM tenha sido criado principalmente para as áreas técnicas de desenvolvimento de produto, atualmente ele já é acessado também por outros departamentos, como marketing, compras e vendas.

Ao centralizar os dados em uma plataforma, esse sistema permite que todas as equipes tenham acesso às informações precisas sobre os produtos, que são úteis na hora de elaborar campanhas de marketing ou argumentos de vendas, por exemplo. Mais adiante você vai entender como essas áreas utilizam os dados de produtos.

Qual a importância do gerenciamento de dados no PDM?

Vivemos uma era de aceleração do ritmo da vida e do mercado, que impõe a necessidade de transformação digital às empresas. Aquelas que querem se manter competitivas precisam melhorar seus produtos, entregar soluções mais rapidamente e com menos custos.

Para isso, os dados são estratégicos. Eles tornam os processos mais inteligentes, minimizam os riscos das decisões e aumentam as chances de uma boa performance no mercado. Por isso, produtos de sucesso são orientados por dados.

É nesse sentido que está a importância do gerenciamento de dados no PDM. As atividades e sistemas de Product Data Management garantem o estabelecimento de processos em relação aos dados, que servem para otimizar e acelerar o desenvolvimento de produtos e os fluxos de trabalho. Assim, é possível atender às demandas cada vez mais exigentes do mercado.

Pense no cenário de uma empresa que não organiza nem centraliza os dados e processos relacionados ao produto em sistemas automatizados. Várias equipes e profissionais diferentes guardam as informações do seu jeito, de forma manual, em planilhas próprias, com grandes chances de erros e discordâncias.

Então, esse caos de dados se reflete em excesso de falhas e retrabalho no desenvolvimento do produto, que levam à perda de tempo e ao aumento dos custos, enquanto a equipe poderia estar dedicada à inovação e à criação de melhores soluções.

Perceba, portanto, a importância do PDM para melhorar os processos internos e o desempenho no mercado.

Quais são os benefícios do Product Data Management?

O principal papel do PDM é o gerenciamento eficaz dos processos de desenvolvimento do produto, que acelera as entregas e aumenta a competitividade do negócio.

A seguir, vamos entender quais benefícios o Product Data Management entrega para conseguir cumprir esse papel nas empresas.

Aumentar a produtividade

A organização e centralização dos dados em uma plataforma permite que todos os profissionais tenham acesso a informações corretas sobre o produto. Isso evita que engenheiros, designers e desenvolvedores precisem procurar dados em diferentes bases e ainda verificar se estão corretos.

Além disso, um software PDM permite automatizar tarefas manuais do processo, como a criação de listas de materiais ou a revisão de desenhos técnicos. Esse tipo de tarefa pode ser automatizado no sistema para acelerar o fluxo de trabalho e aumentar a eficiência da equipe.

A integração com outros sistemas de gestão, como o ERP, também contribui para aumentar a produtividade de toda a empresa. 

Manter os padrões de qualidade

O Product Data Management registra os dados corretos que devem ser usados nos projetos e na fabricação dos produtos. Portanto, o sistema garante que os padrões sejam seguidos em todo o desenvolvimento.

Além disso, o gerenciamento dos processos ajuda a controlar as revisões no sistema e os pedidos de alteração, o que evita que versões desatualizadas sejam usadas pelas equipes. Os profissionais podem utilizar projetos e desenhos já registrados no sistema, em vez de projetar do zero, o que também evita inconsistências.

Acelerar as respostas ao mercado

Dados desorganizados e descentralizados atrasam o desenvolvimento do produto. As equipes perdem muito tempo com dúvidas, erros e confusão de comunicação envolvendo dados, além do retrabalho causado por eles.

Por isso, ao organizar os dados e automatizar tarefas, o PDM contribui para aumentar a agilidade organizacional e reduzir o tempo de resposta ao mercado.

Portanto, o Product Data Management acelera o time-to-market, ou seja, o tempo desde a concepção até o lançamento do produto, que é essencial para atender às expectativas dos consumidores.

Reduzir os custos de desenvolvimento

Erros de desenvolvimento geram desperdícios e retrabalho. Cada vez que um engenheiro precisa refazer um projeto, a empresa perde tempo e recursos caros, e as chances de afetar a qualidade do produto aumentam.

Por isso, adotar um PDM contribui também para reduzir os custos operacionais do desenvolvimento de produtos.

Facilitar a colaboração entre as equipes

O software PDM é um repositório comum de dados sobre os produtos, que facilita a colaboração entre as equipes. Elas acessam um mesmo canal de informação para embasar seu trabalho técnico e suas decisões de desenvolvimento.

Essa integração dos dados também contribui para outras áreas acompanharem os processos de desenvolvimento. É importante que a equipe de marketing saiba os prazos da fabricação para planejar a campanha de lançamento do produto, ou que o pessoal de compras saiba as especificações de peças para adquirir os materiais corretos, por exemplo.

Além disso, o PDM conecta as equipes de desenvolvimento e produção. Dessa maneira, os projetistas podem recomendar os melhores métodos de produção, enquanto a equipe de fabricação pode acompanhar a fila de projetos em desenvolvimento, por exemplo. Isso garante mais eficiência em todo o processo.

Muitas vezes, essa conexão se dá entre profissionais de diferentes locais do mundo, o que é essencial para integrar a comunicação de equipes globais.

Propiciar a inovação

Melhorar a comunicação e a colaboração entre as equipes abre as portas para a inovação. Diferentes profissionais podem gerar feedbacks e insights ao longo do processo de desenvolvimento, que trazem soluções inovadoras para o produto.

Aumentar a segurança dos dados

Um sistema PDM aumenta a segurança dos dados dos produtos, por meio de senhas e diferentes níveis de acesso. Se estivessem em papéis ou planilhas de Excel, poderiam estar sujeitos à perda, roubo e infecções por vírus, por exemplo. Qualquer uma dessas situações traria grandes prejuízos à empresa, como mostram estes dados:

Fonte: SOLIDWORKS

Como o Product Data Management pode influenciar na produtividade?

Vamos detalhar um pouco mais sobre o ganho de produtividade, que é um dos principais benefícios do Product Data Management. Isso acontece porque, como vimos, um software PDM:

centraliza os dados em um só lugar;automatiza tarefas manuais;integra-se com outras plataformas de gestão;reduz os erros, custos e tempo de desenvolvimento;facilita a colaboração entre equipes.

Dessa maneira, o Gerenciamento de Dados do Produto contribui para otimizar os processos, acelerar as entregas e embasar decisões.

Mas quais resultados isso traz na prática? Para exemplificar, trouxemos o caso da CP Manufacturing Inc., que utilizou um software PDM para desenvolver sistemas de reciclagem.

A gestão de dados por meio de um software deu suporte para um crescimento rápido e sustentável da empresa pelo mundo, principalmente por permitir automatizar uma série de processos. Com isso, o desenvolvimento dos sistemas de reciclagem se tornou quatro vezes mais rápido.

Como os dados de produto são utilizados no marketing?

Para o marketing de produto, a gestão de dados é essencial para criar estratégias que se comuniquem com o público, atendam às necessidades e demandas do mercado e, assim, possam trazer mais retorno positivo para a marca. O PDM pode contribuir para isso.

Porém, é preciso antes explicar uma diferença entre as siglas PDM e PIM. PDM significa Product Data Management, enquanto PIM é Product Information Management (Gerenciamento de Informações do Produto).

Parece o mesmo, não é? Para muitas pessoas, esses termos realmente são usados como sinônimos.

Porém, existe uma diferença: enquanto o PDM é voltado para engenheiros, designers e desenvolvedores, o PIM integra dados sobre os produtos com outras áreas do negócio, principalmente marketing e vendas. Para isso, o PIM abrange dados técnicos sobre o produto, mas também descrições, imagens, vídeos e outros materiais que as equipes podem precisar.

Da mesma forma que o PDM, o PIM também centraliza todas as informações em um só lugar para facilitar o acesso, permitir a colaboração, aumentar a produtividade e otimizar os processos.

Portanto, é a área de Product Information Management que abastece o trabalho de marketing e vendas com informações corretas e atualizadas sobre os produtos, bem como os processos relacionados ao seu desenvolvimento, para criar melhores estratégias, alinhar as campanhas de marketing e criar argumentos de venda.

Quando os vendedores realizam uma abordagem de venda, por exemplo, eles precisam dessas informações para levar aos leads e prospects. Quando a empresa precisa atualizar o e-commerce ou criar os layouts da campanha de lançamento, por exemplo, a equipe precisa ter acesso ao PIM — muitas vezes, de forma automatizada, por meio da integração entre plataformas.

Imagine que um usuário faz uma compra no e-commerce, mas, quando recebe o produto em casa, percebe que o design não condiz com a foto na loja virtual ou com a sua descrição. Isso pode mostrar um problema ou uma falta de Gerenciamento das Informações do Produto.

O PIM, aliás, é essencial para um cenário com canais de vendas e marketing cada vez mais dispersos. Para uma operação omnichannel, por exemplo, que engloba diferentes canais de vendas online e offline, é importante centralizar as informações.

Portanto, Informações precisas são essenciais para a experiência do cliente com a empresa. O PIM garante que as informações dos produtos sejam consistentes em todos os canais de comunicação com o público.

Enfim, dá para perceber a importância da gestão de dados de produto para toda a empresa, não é?

Desde a concepção do produto até a sua divulgação e venda, o Product Data Management cumpre um papel importante de garantir que os dados estejam centralizados, disponíveis, corretos e atualizados. Lá na ponta, na experiência do cliente, a qualidade do PDM faz toda a diferença para os resultados da empresa.Agora, se você quer saber mais sobre a importância dos dados no marketing, vale a pena baixar a quarta edição da revista da Rock Content. Você vai saber tudo sobre os pilares do marketing por dados. Aproveite!

The post Por que você deve ter um PDM (Product Data Management) para aumentar a sua produtividade appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.