E-mail: rafael@turbineseusite.com.br   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

Entenda agora qual é a diferença entre IaaS, PaaS e SaaS
21 de julho de 2021

As mudanças no mercado exigem que você acompanhe todas elas para garantir que as suas estratégias são, de fato, as melhores para o que precisa. Com tantas siglas e novidades, é muito comum acabar não entendendo os detalhes sobre cada uma delas, mas isso não pode acontecer. Afinal, você sabe o que são e quais são as diferenças entre IaaS, PaaS e SaaS?

A última opção é um termo um pouco mais conhecido, não é mesmo? Mas ainda existem muitas dúvidas sobre o tema, e é importante compreender realmente o que cada uma delas representa, suas vantagens e desvantagens e, é claro, como podem ser aplicadas na realidade da sua empresa. Para aproveitar a transformação digital, é preciso se adaptar, certo?

Para ajudar você a entender mais sobre esses três conceitos, preparamos um artigo completo com tudo o que você precisa saber. A seguir, vamos falar sobre:

O que acha, então, de esclarecer o que significa cada uma dessas siglas e como elas podem ser aplicadas no seu dia a dia de trabalho? Continue a leitura!

Qual é a importância de modernizar suas operações?

A tecnologia já faz parte da realidade da maioria das empresas, não é mesmo? Tanto para realizar uma gestão mais eficiente do negócio e ter maior facilidade na rotina de trabalho quanto para realizar a automação de Marketing. Ou seja, existem inúmeras maneiras de aplicar as soluções e ferramentas ao dia a dia da sua empresa, e isso passa diretamente por entender mais sobre suas opções.

Um exemplo disso é conhecer mais sobre o que significam IaaS, PaaS e SaaS. As três siglas podem até parecer complexas, mas, muitas vezes, até já fazem parte da realidade do seu negócio — se não fazem, podem ser importantes para um melhor desempenho. Dentro de um cenário com tanta competitividade, saber o que cada um desses conceitos significa pode ser um diferencial.

Afinal, o simples ganho em produtividade com uma operação mais eficiente pode representar uma maior margem de lucro, por exemplo. Ao mesmo tempo, é possível ter colaboradores mais engajados e satisfeitos, reduzindo o turnover da sua empresa. Uma ferramenta também pode ajudar na aquisição de novos clientes, otimizando desempenho do setor de Vendas.

Ou seja, é fundamental ficar de olho em modernizações e otimizações das suas operações. Todas elas podem se tornar mais eficientes com o uso das soluções adequadas. A boa notícia é que IaaS, PaaS e SaaS estão repletos de ferramentas, conceitos e estratégias que podem ser aplicadas no dia a dia de sua empresa e resultar em ganhos nas mais diferentes frentes.

O que é IaaS e quais são suas vantagens e desafios?

O IaaS é a sigla para Infraestrutura como Serviço, e sua principal função é fornecer armazenamento, memória e processamento para terceiros a partir de um serviço de nuvem. Ou seja, uma empresa não precisa investir em uma estrutura física para criar um centro de dados local, o que implica em menos custos e maior eficiência do sistema como um todo.

Todas as informações do negócio podem ser armazenadas em uma nuvem, sendo ela pública, privada ou híbrida. Assim, é possível reduzir gastos com o aluguel ou a manutenção de espaços que não vão ser utilizados em sua totalidade. Ou seja, a companhia só precisa pagar pelo espaço exatamente do que ela utiliza, além de diminuir as ameaças que qualquer estrutura física oferece.

Em um momento em que o trabalho remoto tem ganhado mais espaço, e conceitos como anywhere office se tornam mais populares, o IaaS pode ser muito útil para aquelas empresas que não desejam investir em estruturas físicas. Assim, sem perder em segurança, é possível adotar uma solução prática, ágil e que possa ser acessada de qualquer lugar.

Quais são os pontos positivos e os cuidados que o IaaS proporciona?

O principal benefício de utilizar o IaaS é, justamente, a possibilidade de pagar apenas pelo que utiliza. Não é preciso ter uma estrutura muito maior do que é realmente necessário para absorver as demandas do seu negócio. Além disso, a escalabilidade é outro atrativo, já que é possível expandir ou reduzir sua estrutura de forma rápida e prática.

A redução dos custos também acontece com a ausência da necessidade constante de manutenção, já que se torna uma responsabilidade da fornecedora do que foi contratado. Isso significa que os investimentos em segurança da empresa especializada são maiores e sua companhia pode ter a garantia de que tudo o que é informado ali está protegido.

O planejamento financeiro acaba sendo outro ponto positivo, já que a companhia pode se organizar de maneira mais eficiente para que os investimentos caibam no orçamento estipulado. A produtividade é mais um benefício, pois os profissionais responsáveis pela área de Tecnologia da Informação ficam concentrados em outras atividades estratégicas para a sua empresa.

Desafios

Mas não é só de benefícios que se trata esse conceito, não é mesmo? Existem alguns pontos de atenção que precisam ser observados para garantir que o IaaS, de fato, apresente soluções para o seu negócio. O primeiro deles é um desafio interno: adaptar processos e fluxo de trabalho de toda a organização. É natural que isso aconteça, mas é um trabalho longo e fundamental para que os benefícios sejam aproveitados.

Outro desafio que se refere ao dia a dia da companhia é a integração do sistema em nuvem com outras ferramentas e soluções utilizadas pela empresa. Sem a sincronização entre o que é utilizado, todos os benefícios podem ser inúteis. Essa é uma questão que deve ser observada de perto, antes de tomar uma decisão sobre utilizar ou não um IaaS.

Quando sua empresa tem um servidor em uma sala no mesmo prédio em que o trabalho é realizado, é muito mais fácil ter o controle, certo? Outro desafio do IaaS é não ter o total controle da proteção, já que é um fornecedor que oferece esse serviço. Dessa forma, é fundamental fazer uma análise antes de qualquer decisão para que a escolha beneficie o seu negócio.

O que é PaaS e quais são seus prós e contras?

O PaaS também se trata de uma infraestrutura remota para que organizações possam contratar serviços terceirizados para os seus servidores, armazenamento ou rede interna. A Plataforma como Serviço também permite que outras soluções sejam utilizadas, como sistemas para o gerenciamento de dados — algo visto como fundamental para o Big Data — ou plataformas de Business Intelligence.

A partir do uso do PaaS, a empresa pode desenvolver uma solução para lidar com processos internos, ou mesmo, para oferecer ao mercado. Ao adicionar uma interface focada na experiência do usuário, é possível personalizar toda a plataforma e entregar uma solução para o mercado. É muito utilizada por negócios que não têm condições de investir em grandes softwares e ferramentas.

Quais são os pontos positivos e os cuidados que o PaaS proporciona?

O maior benefício da utilização do PaaS é a economia gerada, especialmente, para empresas menores, que passam a ter o acesso aos recursos mais inovadores, mas sem precisar fazer grandes investimentos. Já imaginou se uma organização precisasse fazer uma série de investimentos, contratar uma equipe apenas para desenvolver um aplicativo para ser oferecido ao mercado?

Não à toa, as startups utilizam muito as soluções em PaaS para facilitar o processo de desenvolvimento, sem se preocupar em manter uma infraestrutura para desenvolver suas soluções. Com essa tranquilidade, a empresa pode focar estratégias para o crescimento do negócio, como ações de Marketing e de Vendas.

Em resumo, é possível criar soluções prontas de maneira mais rápida, sem precisar de investimentos para criar produtos relevantes no mercado. Outro ponto positivo é a segurança, que é fornecida por uma empresa especializada no assunto. A possibilidade de escalabilidade também é outro atrativo, já que a companhia só precisa comprar o que vai utilizar.

Contras

Assim como o IaaS, também existem desafios para que a empresa utilize o PaaS com eficiência. Nada que não possa ser superado com um planejamento mais estratégico e muita organização. O principal deles, é claro, é a dependência do fornecedor, que pode não ter a competência necessária para oferecer o que a empresa precisa para construir uma solução eficiente.

A compatibilidade e a integração são outros pontos importantes para que o PaaS seja implementado com eficiência. Nada vai adiantar, se as soluções escolhidas não se encaixarem nos sistemas e plataformas que a empresa utiliza, não é mesmo?

O que é SaaS e quais são suas vantagens e desafios?

Já o SaaS, Software como Serviço, é uma versão mais ampla de todas as ferramentas listadas acima e que utiliza o mesmo conceito prático: a infraestrutura é disponibilizada para outras empresas a partir da conexão digital. Imagine que sua equipe quer utilizar uma ferramenta, mesmo trabalhando remotamente. Já pensou em como seria complexo sem uma solução acessível de qualquer lugar?

O SaaS contribui para isso, permitindo que um software seja acessado com maior facilidade e sem envolver grandes custos de infraestrutura. Um exemplo de como é comum utilizar esse tipo de solução é a Netflix, em que você acessa todo aquele acervo sem precisar instalar nada. Sabe quem mais se encaixa nessa categoria? Isso mesmo, a Rock Content!

Quais são os pontos positivos e os cuidados que o SaaS proporciona?

O principal deles é a ausência de necessidade de um hardware para poder utilizar a ferramenta. Tudo é hospedado em nuvem, sem precisar de um espaço físico para armazenar as informações da solução. Isso significa mais praticidade e agilidade no dia a dia de trabalho, especialmente, em um momento em que o trabalho remoto é cada vez mais popular.

As atualizações automáticas são outro atrativo para quem utiliza um SaaS, sem a preocupação de ter gastos com esse processo e outros, como a manutenção dos equipamentos de todos os profissionais. Além disso, tudo pode ser feito de maneira personalizada, contratando um software que ofereça exatamente o que a sua empresa precisa para solucionar as suas dores.

Desafios

Mesmo que garanta uma série de benefícios para o seu negócio, o SaaS oferece alguns desafios também. O primeiro deles é a questão de segurança, já que é preciso contar com o suporte de outra empresa. Em um momento em que dados são cada vez mais importantes, isso é fundamental, e é preciso encontrar os parceiros certos para fazer negócio.

Qual a diferença entre IaaS, PaaS e SaaS?

Cada um desses modelos contribui para a solução de problemas, demandas e necessidades específicas de uma empresa. Em comum, todos eles garantem uma maior flexibilidade e escalabilidade, permitindo que as organizações construam ferramentas ideais para potencializar os seus negócios. Mas, então, quais são as principais diferenças entre IaaS, PaaS e SaaS?

O SaaS oferece um controle menor para as empresas, já que é o fornecedor que vai gerenciar todas as informações, dados e questões operacionais. Ao mesmo tempo, o custo é consideravelmente menor para as organizações. Por isso, é ideal para as companhias menores, que conseguem reduzir os custos e podem entregar uma experiência positiva aos seus clientes.

Enquanto isso, o PaaS permite que a companhia tenha um controle maior sobre as informações e os dados que estão armazenados, por mais que fornecedor ainda faça a gestão do sistema como um todo. O custo já é um pouco mais elevado do que o SaaS, mas oferece mais possibilidades para os servidores e sem precisar lidar com muita complexidade.

Por último, o IaaS é uma versão ainda mais completa dos dois itens anteriores. Sem precisar investir em estruturas físicas, é possível ter o controle total sobre a infraestrutura da empresa, mas com um preço maior por essa autonomia. O fornecedor fica responsável apenas pelos investimentos em servidores físicos, redes e questões de armazenamento.

Cada um com sua proposta, seus benefícios e seus pontos de atenção, IaaS, PaaS e SaaS são cada vez mais importantes para a realidade de empresas dos mais variados segmentos e tamanhos. Por isso, identifique quais são suas principais necessidades e procure por soluções dentro desses três conceitos, que podem otimizar ainda mais o trabalho do seu negócio.

Quer saber mais sobre esse universo e como aplicar diferentes táticas para conseguir resultados ainda melhores? Então, você precisa conferir as 7 incríveis estratégias de marketing para SaaS que vão alavancar seu crescimento!

The post Entenda agora qual é a diferença entre IaaS, PaaS e SaaS appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.