E-mail: rafael@turbineseusite.com.br   |   Telefone: (41) 99521-8611

Suporte 24/7

Entenda o que fez Facebook, Instagram e WhatsApp saírem do ar
4 de outubro de 2021

Muitas pessoas que trabalham com redes sociais ou simplesmente as usam a caráter pessoal tiveram uma surpresa nesta segunda-feira, 04 de outubro, ao perceberem que WhatsApp, Facebook e Instagram saíram do ar.

Usuários que tentaram acessar qualquer uma das plataformas (pertencentes ao Facebook) acabaram se deparando com a mensagem de erro “5XX Server Error”. Continue a leitura para entender o que significa esse problema.

O que significa “5XX Server Error”?

Primeiro, vamos tratar de entender o significado dessa mensagem vista por milhões de pessoas no dia de hoje. 

Conforme explicamos neste artigo, o Erro 500 trata-se de um problema no servidor. Isso quer dizer que, se você não conseguiu acessar as ditas redes hoje, o problema está no computador central do Facebook que fica impossibilitado de completar a sua solicitação – como usuário – e exibir as informações desejadas na tela do seu smartphone ou computador.

Esse tipo de erro é comumente visto em sites e blogs que recebem mais visitas do que seus servidores podem comportar (por essa razão, é conhecido por muitos como um “bom problema”). 

Contudo, isso costuma durar apenas alguns minutos até o servidor se estabilizar e, no caso do Facebook, WhatsApp e Instagram, se prolonga por horas e o comunicado oficial, até então, foi:

“Estamos trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes.”

Quais são os impactos do Facebook, Instagram e WhatsApp na vida das pessoas e empresas?

Somente o WhatsApp é usado por mais de 90% dos brasileiros, o que inclui tanto o aplicativo de uso pessoal quanto corporativo que, por sinal, tem um app próprio para isso: o WhatsApp Business.

Somando isso aos 150 milhões de usuários brasileiros ativos no Facebook e 110 milhões no Instagram, a pane nas três redes sociais mostra a importância que elas têm nas vidas das pessoas.

Por mais que algumas consigam esperar horas até que o problema seja resolvido e consigam falar novamente com seus amigos e contatos, o mesmo não pode ser dito em relação às empresas.

Afinal, anúncios no Facebook e Instagram fazem parte do plano de mídia paga de muitos negócios que, em alguns casos, dependem desse tipo de campanha para gerar novas oportunidades comerciais. 

Não obstante, o WhatsApp é usado por diversos negócios como canal de atendimento online. Isso significa que ter o canal fora do ar traz como consequência perda de qualidade na atenção ao cliente assim e geração de novas vendas.

Então, todas as redes sociais saíram do ar?

Por mais que as três redes mencionadas sejam muito utilizadas, elas não são as únicas do mercado. O Twitter, por exemplo, não pertence ao grupo Facebook e, por consequência, se manteve intacto durante esse período de queda.

Inclusive, um dos seus tweets mais vistos, compartilhados e comentados foi um que diz justamente: “Oi, literalmente, todo mundo”.

hello literally everyone

— Twitter (@Twitter) October 4, 2021

A contas oficiais do Instagram e WhatsApp chegaram a responder o tweet – provavelmente para transmitir a impressão de que estão online e trabalhando para resolver o problema – mas, isso não evitou sarcasmos como o próprio Jack Dorsey, criador do Twitter, que disse: “Achei que fosse encriptado…”

👋 hello!

— WhatsApp (@WhatsApp) October 4, 2021

De todas as maneiras, esse ocorrido mostra que uma estratégia de Marketing Digital não pode ficar retida somente em um canal social, pois caso ele saia do ar, seus negócios serão prejudicados.

Para entender quais redes são as mais apropriadas para você e como trabalhar cada uma delas, continue conosco e confira este kit gratuito que produzimos sobre como fazer Marketing nas Redes Sociais!

The post Entenda o que fez Facebook, Instagram e WhatsApp saírem do ar appeared first on Rock Content – BR.

Fonte do artigo:

Rock Content – BR

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Leia Também

Postagens relacionadas em nosso Blog sobre Design, SEO, Marketing e Tecnologia.